Quilta & Borda

Pegando no tranco

Eu já tive muitas noites de insônia e esta é a primeira vez que resolvi levantar da cama e ir fazer alguma coisa desistindo de tentar dormir de novo. Tirei essa foto da minha janela para inaugurar o novo ano que já vai adiantado…

Como é difícil retornar depois de uma longa ausência! Tinha me programado para voltar em Novembro, depois das eleições, quando estivesse a rotina de trabalho voltasse. A eleição passou, o trabalho não se acalmou. Novos desafios profissionais e pessoias apareceram. Mudanças aceitas, adaptação em andamento. Vieram as festas, e o ano acabou.

Que ano!!! Que segundo semestre!!!

Que 2009 seja mais leve!

Agradeço a todos que me escreveram preocupados, pacientes, aguardando notícias minhas, sem respostas das mensagens que enviaram, mas que responderei conforme for voltando aos trabalhos. Muito obrigada.

Já faz algumas semanas que venho pensando em voltar a escrever. Mas escrever o que? Contar o que andou acontecendo, que minha vida mudou, que surgiram novos interesses que ocupam uma boa parte do meu tempo? Pedir desculpas e começar a responder as perguntas acumuladas na minha caixa postal no próprio blog?

Estive costurando muito pouco nesse tempo todo. O quarto de costura ficou abandonado. Me doía a alma aquele espaço fechado e bagunçado. Esbocei uma arrumação, comprei caixas, separei toda a bagunça nelas e fiquei mais preocupada ainda porque não sei como vou acomodar tudo que precisa ser arrumado. Cheguei a pensar se voltaria para o Patchwork.

Mas hoje me deu um estalo, aquele momento em que não sabemos como nem por que, mas que nos tiram da inercia. Deve ter sido alguma coisa que comi…

Esse trabalho é um painel para um presente de aniversário de outubro – passado!

Fui procurar os moldes para terminar o que está faltando nesse trabalho. Nossa, que coisa! Eu não tinha a mínima idéia de onde eles estariam naquele buraco negro do quarto de costura. Estou ficando velha e caduca, pensei. E que alívio quando comecei a lembrar de como organizei as coisas. Até que sou organizada, apesar de bagunceira.

Depois de achados os moldes fui procurar os tecidos que sobraram para poder começar a pensar nas bordas. É claro que não achei todos os tecidos e não me lembro se sobraram muitos ou se só são esses que achei nesta minha caixa de sobrar. E se é só essa a minha caixa de sobras. Será que tenho outra e não estou lembrando? Gente, que situação!

Mas, uma coisa de cada vez, como diria o Jack (estripador).
Como vou fazer essa borda? A minha idéia inicial era pegar os retalhos e com eles fazer uma borda de quadrados e uma outra lisa com o fundo. Mas não tenho tecidos suficientes e fiquei perdida. Resolvi escrever para pedir ajuda.
Alguma sugestão?

Anúncios

09/01/2009 Posted by | Patchwork | 19 Comentários